São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Home
April 1, 2014 - 11:00

Novaer vai produzir novo avião

Apresentação do T-Xc. Foto: Flavio Pereira

Apresentação do T-Xc. Foto: Flavio Pereira

Com 2 versões, para uso civil e militar, aeronave foi apresentada em São José; prefeitura não vê perda de investimentos

Xandu Alves
São José dos Campos

A Novaer Craft, fabricante de aeronaves civis e militares de São José dos Campos, vai investir R$ 80 milhões para produzir 120 aviões por ano do modelo T-Xc.
Com duas versões, para uso militar e civil, o avião foi apresentado ontem no galpão da empresa em São José e fará seu primeiro voo até o próximo mês de maio.
A aeronave será produzida em Lages (SC), cidade que venceu a disputa para a instalação da empresa, que deve começar a produção em 2015. Serão gerados 400 empregos diretos, com até 1.500 postos indiretos.
A previsão da Novaer é que a aeronave receba a certificação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em dois anos.

Projeto. Segundo Graciliano Campos, presidente da Novaer Craft, o desenvolvimento do T-Xc começou em junho de 2010, com apoio financeiro da Finep (Financiadora de Estudos e Projetos), ligada ao governo federal.
Ao todo, foram investidos R$ 25 milhões no projeto do avião, baseado no desenho do K-51, aeronave projetada pelo engenheiro Joseph Kovacs, 88 anos, ainda em atividade em São José. Ele projetou um dos maiores sucessos comerciais da Embraer, o Tucano.
Campos disse que a construção da fábrica, a preparação da equipe e a produção dos aviões custarão mais R$ 80 milhões, que virão de três fontes: Finep, governo de Santa Catarina e a própria empresa.
“Tivemos um apoio muito grande do governo catarinense, que sabe da importância da empresa em Lages”, disse.
Na cidade catarinense, a Novaer terá para uso uma pista municipal e apoio financeiro e institucional do governo estadual, o que ela não conseguiu em São José.
“Queremos fazer de Santa Catarina um segundo polo aeronáutico e de defesa”, disse Elizeu Mattos (PMDB), prefeito de Lages. “Viemos buscar um pouco em São José”.
Para Sebastião Cavali, secretário de Desenvolvimento Econômico de São José, a fabricação da Novaer fora de São José não afeta a cidade.
“Vamos compartilhar com eles (Lages). A Novaer vai continuar em São José”, afirmou.
Segundo Campos, por ter a plataforma adaptada para dois usos, de treinamento militar e transporte de passageiros, a aeronave irá disputar um mercado internacional, especialmente nos Estados Unidos e nos países da América Latina. No Brasil, a Força Aérea deve ser o principal cliente.

Saiba mais

T-Xc
Avião monomotor a pistão, de asa baixa e com estrutura primária e secundária construídas em fibra de carbono, além de trem de pouso retrátil do tipo triciclo e cabine para dois ocupantes (instrutor e aluno)

Utilização
A mesma plataforma do avião atende a duas categorias: treino militar e utilitário civil, com capacidade para quatro passageiros e 70 quilos de carga

Projeto
O avião é baseado no projeto K- 51, de Joseph Kovacs, que desenvolveu o Tucano, um dos destaques da Embraer

Fabricação
A Novaer Craft vai produzir o avião em Lages (SC), cuja fábrica receberá R$ 80 milhões de investimentos

Capacidade
Serão gerados 400 empregos diretos em Lages para produzir 120 aeronaves por ano

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade