São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Home
May 23, 2014 - 09:30

Com uma abstenção de 86%, eleição para reitor da Unitau não empolgou universidade

Eleição para reitor da Unitau não empolgou universidade. Foto: Rogério Marques

Eleição para reitor da Unitau não empolgou universidade. Foto: Rogério Marques

Das 12.905 pessoas em condições de votar, 11.130 deixaram de ir às urnas para escolher nome mais expressivo para ocupar o cargo

Julio Codazzi
Taubaté

Somente 13,75% da comunidade acadêmica da Unitau (Universidade de Taubaté), formada por estudantes, professores e servidores, participou da consulta prévia para a eleição do reitor que administrará a autarquia nos próximos quatro anos.
Realizado entre os dias 12 e 17, o processo apontou que a chapa do atual reitor, José Rui Camargo, tem preferência de 44,39% dos votantes, mas é superada pela soma de votos (47,93%) das duas outras chapas, também de candidatos da situação.
Segundo a Unitau, 12.905 pessoas estavam aptas a votar: 505 professores de carreira do magistério superior, 680 servidores técnico-administrativos e 11.720 estudantes de cursos de graduação e pós-graduação.
Destes, aproximadamente 11.130 deixaram de votar.
A consulta não tem efeito prático na definição do nome do reitor, mas pode servir de termômetro para que o prefeito Ortiz Junior (PSDB) escolha a chapa vencedora.

Preferência. Para a apuração foi aplicado peso de 70% para votos dos professores, 20% para os servidores e 10% para os estudantes, conforme previa o processo eleitoral.
Ao todo, José Rui recebeu 789 votos, obtendo a preferência de 44,87% dos professores, de 40,63% dos servidores e de 48,49% dos estudantes.
Em segundo lugar ficou a chapa 2, encabeçada pela pró-reitora Estudantil, Nara Lúcia Perondi Fortes, que é aliada do reitor e apoia sua reeleição.
Nara recebeu 546 votos, tendo a preferência de 25,76% dos professores, 30,31% dos funcionários e 34,52% dos alunos. No total, com a aplicação dos pesos, obteve média de 27,55%.
Na terceira posição ficou a chapa 3, liderada pelo pró-reitor de Administração, Francisco José Grandinetti, que também apoia José Rui.
Grandinetti obteve 305 votos, conquistando a preferência de 21,88% dos professores, de 17,62% dos funcionários e de 16,08% dos alunos.
Votos em branco representaram 1,23%, e nulos 6,45%. Os dois grupos somaram aproximadamente 135 votos.

Definição. No próximo dia 29 o Colégio Eleitoral Especial se reunirá para oficializar a lista tríplice, que será encaminhada no dia seguinte ao prefeito.
Ortiz terá um mês para definir a chapa vencedora.
A cerimônia de posse está marcada para 3 de julho.
O mandato do reitor será de quatro anos. A Unitau completa 40 anos em dezembro e tem orçamento superior a municípios de médio porte da região: R$ 140,2 milhões.


arte_eleição_unitau


Sem opção, Ortiz deve apoiar reitor
Até o início de abril, José Rui Camargo não era o nome preferido do prefeito, mas Ortiz Junior não conseguiu alavancar um candidato próprio e teve que aceitar a composição de uma ‘chapa compartilhada’ com o atual reitor. Segundo apuração de O VALE, o tucano manterá a atual administração da Unitau pelos próximos quatro anos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade