São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
Home
May 28, 2014 - 08:30

Com aval de Carlinhos, Raupp retorna ao Parque Tecnológico

Instalações do Parque Tecnológico de São José. Foto: Arquivo/OVALE

Instalações do Parque Tecnológico de São José. Foto: Arquivo/OVALE

Conselho de administração de Organização Social define mudança no comando de principal polo de pesquisa de São José

Chico Pereira
São José dos Campos

O ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação Marco Antonio Raupp voltou ao cenário político de São José dos Campos e irá gerenciar novamente o Parque Tecnológico do município.
Com o apoio do governo Carlinhos Almeida (PT), Raupp foi indicado para diretor geral do complexo pelo Conselho de Administração da Associação Parque Tecnológico, OS (Organização Social) fundada pelo ex-ministro para cuidar da governança do parque.
Raupp deixou o posto de ministro do governo Dilma Rousseff no dia 13 de março deste ano, na reforma ministerial promovida pela presidente.

Quarentena. Raupp cumpre “quarentena” por ter ocupado cargo no primeiro escalão do governo federal.
Por questão legal, ele não pode exercer função na iniciativa privada por período de seis meses.
O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Cavali, informou que Raupp já solicitou liberação ao Conselho de Ética da Presidência da República.
“A volta do ex-ministro Raupp para o Parque Tecnológico é um vetor portador de grandes oportunidades, uma vez que São José dos Campos irá contar com a experiência e a vivência do ex-ministro nas áreas acadêmica, tecnológica e política, além de uma rede internacional de relacionamentos”, disse em nota o secretário Cavali.
Enquanto permanecer impedido, o atual diretor do Parque Tecnológico, Horácio Forjaz, continuará no comando do complexo. O mandato de Horácio termina este mês.
Forjaz foi convidado a permanecer no Parque, em outra função. Ontem, ele não quis comentar o assunto.
Raupp não foi localizado para falar a respeito.
O ex-ministro foi o primeiro diretor do Parque Tecnológico. Ele deixou o comando do complexo para assumir a Agência Espacial Brasileira em março de 2011.
Em janeiro de 2012, Raupp assumiu o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em substituição a Aloizio Mercadante, transferido para a pasta da Educação.

Troca. Na reunião do Conselho de Administração, ocorrida na segunda-feira, o dirigente da AEB, José Raimundo Coelho, assumiu oficialmente a presidência do conselho, cargo vago desde a morte do ex-reitor do ITA Michal Gartenkraut, em julho de 2013.
José Raimundo era vice-presidente. Para a vice-presidência foi eleito o presidente da ACI (Associação Comercial e Industrial), Felipe Cury.
“A sua passagem pelo governo federal lhe dá mais qualificação. Ele tem trânsito na esfera federal, nas agências de fomento e na iniciativa privada. Vai ser excelente para o parque e para as empresas instaladas no local”, afirmou Felipe.

Saiba mais

Criação
O Parque Tecnológico foi criado em 2006, na gestão do ex-prefeito Eduardo Cury (PSDB)

Instalação
A prefeitura comprou as instalações da antiga Solectron, às margens da Via Dutra, em Eugênio de Melo, para abrigar o núcleo tecnológico

Área
O núcleo ocupa terreno de 188 mil metros quadrados, sendo 36 mil metros quadrados de área construída

Centros
Possui 5 Centros de Desenvolvimento Tecnológico

Empresas
O Centro Empresarial 1 abriga 25 empresas de base tecnológica

Área
Possui área de atuação prioritária de 800 mi metros quadrados. Abriga instituições como Unifesp, Unesp, Fatec, IPT, empresas entre as quais a Vale Soluções Energia

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade