São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
IDEIAS
April 14, 2017 - 04:39

Desafio da fluidez Após reduzir os índices de mortes, dutra precisa resolver gargalos


O leitor da região, que já ultrapassou a casa dos 30 anos, certamente se lembra da Via Dutra há duas décadas. Em 1996, quando a rodovia passou às mãos da iniciativa privada, as pistas estavam totalmente deterioradas, a sinalização era precária e o índice de acidentes era altíssimo.
Partindo desse ponto, a concessão da estrada foi benéfica. Os recursos dos pedágios, em 20 anos, foram aplicados em obras, educação de trânsito e fiscalização. A mais importante rodovia do Brasil, responsável por ligar São Paulo ao Rio de Janeiro, tornou-se também uma das mais seguras de todo o país.
A segurança reduziu os acidentes, mas transformou a Via Dutra em uma espécie de avenida para motoristas das cidades do Vale do Paraíba. Com reduzidos índices de mortes, usuários de São José dos Campos, Taubaté e Jacareí começaram trafegar por trechos curtos, apenas para fugir dos "gargalos" do trânsito local.
O "gargalo" então acabou transferido para a Dutra, corredor por onde passam 50% do PIB (Produto Interno Bruto) do país. Soma-se a isso o aumento natural da frota de automóveis brasileira.
Seguindo por esse raciocínio, as pistas marginais têm a funcionalidade de segregar o tráfego de curta distância do tráfego de longa distância. É justamente o tipo de obra que prefeitos da RMVale
cobram da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Foram, inclusive, até Brasília para um debate sobre o tema no Ministério dos Transportes. Voltaram animados.
Pela importância da região para o Brasil, nada mais justo que os responsáveis pelo corredor tirem do papel a construção de marginais entre os bairros Jardim das Indústrias e Jardim Limoeiro, na zona oeste de São José dos Campos. E olhem com atenção ao km 162, em Jacareí, e aos Kms 110 e 117, em Taubaté.
Duas décadas após tornar a Via Dutra uma rodovia segura e menos letal, chegou a hora de avançar. Melhorar a fluidez é demanda urgente para a região.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade