São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
REGIAO
March 27, 2016 - 09:23

São José é a sexta melhor cidade do Brasil para quem quer abrir o próprio negócio

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Marcos Eduardo Carvalho
São José dos Campos

Boa notícia para os empresários que desejam investir na região. São José dos Campos é a sexta melhor cidade do país para se criar novos negócios.  Ao menos é isso o que aponta um estudo realizado pela Endeavor Brasil, um instituto especializado na fo-mentação de negócios de alto impacto econômico em todo o mundo.

Dentro do Índice de Cidades Empreendedoras em 2015, o município mais populoso da RMVale está na frente de 18 capitais estaduais do Brasil. Com 6,74 pontos, fica atrás apenas de São Paulo, Florianópolis, Vitória, Recife e Campinas.

São José dos Campos, na pesquisa, supera capitais importantes como Porto Alegre (6,60 pontos), Curitiba (6,54), Rio de Janeiro (6,48), Belo Horizonte (6,33), Goiânia (6,26), Brasília (5,64), Campo Grande (5,57), João Pessoa (5,47), Aracaju (5,46), Salvador (5,39), Natal (5,34), Manaus (5,17), São Luís (5,17), Cuiabá (5,00), Belém (4,98), Fortaleza (4,82), Teresina (4,55) e Maceió (4,03).

No estudo, são apontadas 32 cidades do Brasil (sendo que 22 delas são capitais de estados). Segundo a Endeavor, que divulgou a pesquisa em dezembro, abrir uma nova empresa em São José leva, em média, 79 dias, por exemplo. As áreas de inovação, capital humano, infraestrutura e mercado são os principais tópicos de destaque para São José na pesquisa.

De acordo com o instituto, o objetivo da pesquisa é "analisar o ecossistema empreendedor das principais cidades brasileiras, para apontar aquelas que possuem condições mais propícias para o desenvolvimento de empresas e mostrar como ainda podem evoluir".

A pesquisa da Endeavor também leva em consideração 55 indicadores e 7 pilares: ambiente regulatório, acesso a capital, mercado, inovação, infraestrutura, capital humano e cultura empreendedora.

Números.
No item de infraestrutura, por exemplo, a cidade da região também aparece em sexto lugar, assim como no ranking específico da inovação, que coloca a cidade com 7,25 pontos.

Ainda segundo o estudo, São José apresentou, proporcionalmente, o maior número de funcionários na área de ciência e tecnologia entre todos os 32 municípios que foram analisados.

Também teve o maior número de contratos de uso de propriedade intelectual: 7,8 para cada mil empresas, seis vezes maior do que a média das outras cidades que registraram índice de 1,2.

Repercussão.
Por meio da assessoria de imprensa, o prefeito de São José, Carlinhos Almeida (PT) comemorou o resultado do apontamento da Endeavor. Segundo ele, o resultado alcançado por São José mostra "todo o potencial que o município tem para atrair novos investimentos empresariais" nos próximos tempos.

"Não podemos desperdiçar esse potencial", disse Carlinhos, que aproveitou para voltar a defender mudanças na Lei de Zoneamento da cidade, que vem causando polêmica entre os políticos da cidade nos últimos meses.

"Por isso entendemos que a aprovação da nova Lei de Zoneamento é estratégica para 'destravar' a cidade e entrarmos novamente na rota do desenvolvimento econômico e sustentável, atraindo novos investimentos e gerando emprego e renda", afirmou Carlinhos Almeida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade