São José dos Campos
20º / 26º
No decorrer do dia o dia terá com variação de nebulosidade na região.
REGIAO
August 20, 2016 - 17:25

No Ensino Fundamental, 7 em cada 10 alunos não sabem ler e contar direito

Aluna escola municipal de São José (PMSJC)

Foto: Divulgação/PMMSJC

Xandu Alves
São José dos Campos

De cada 10 estudantes que chegam ao final do Ensino Fundamental nas cidades da região, em escolas públicas, em média oito não sabem adequadamente o português e sete têm dificuldades básicas de matemática.

Ou seja, eles saem do ciclo básico com deficiências em leitura, compreensão de textos e resolução de problemas matemáticos.

É o que constata levantamento feito por O VALE com dados da Prova Brasil 2013, divulgados no ano passado --os dados da prova Brasil 2015 ainda são preliminares e só foram liberados às escolas participantes do teste.

De 26.727 alunos no 9º ano do Fundamental, só 8.168 (31%) aprenderam adequadamente o conteúdo de português e 4.782 (18%) de matemática. É muito pouco para uma das regiões mais ricas do Estado.

Disponíveis no site qedu.org.br, criado pela Fundação Lemann em 2012, os dados mostram o desafio que os próximos prefeitos terão numa das áreas vitais para o futuro do país, a educação.

"Os alunos estão indo para o Ensino Médio despreparados, o que prejudica o desempenho e aumenta a evasão", avaliou Vitor Loureiro, coordenador pedagógico do 9° ano e do Ensino Médio do Colégio Univap (Universidade do Vale do Paraíba), unidade do Aquarius, na zona oeste de São José.

Entre as maiores cidades da região, São José é a que teve os melhores resultados na Prova Brasil 2013:38% em português e 25% em matemática, no 9° ano. Taubaté vem em seguida, com 32% e 18% e Jacareí em terceiro, com 30% e 15%.

Para Edna Chamon, secretária de Educação de Taubaté, trata-se de questão nacional a ser enfrentada desde os anos iniciais. "O município vem se esforçando para melhorar os resultados por meio de Plano de Estudo, Núcleo de Estudo Pedagógico e com a inserção do Professor Coordenador para acompanhar os docentes de matemática e português".

---

NOVOS DADOS

S. José tem melhora nos índices

São José dos Campos

A Secretaria de Educação de São José divulgou os dados preliminares da Prova Brasil 2015, aos quais apenas as escolas tiveram acesso.
Das 47 escolas municipais que participaram do teste, 32 conseguiram os dados e não os contestaram.

Os números mostram que a rede melhorou o índice de português e matemática.

"A articulação de diversas ações resultou nessa melhoria, como uso de tecnologia em sala de aula, formação do professor e reformas de escolas", disse Luiz Carlos de Lima, secretário de Educação.

Comparado ao desempenho de 2013, São José evoluiu 3% na média dos anos iniciais (5° ano) do Fundamental e 6% nos anos finais (9° ano). Um dos impactos nos anos finais, segundo Lima, foi a implantação da Escola Interativa, que leva tecnologia para a aula.

"O uso da tecnologia despertou mais interesse nos jovens", disse Renata Marques, da escola Mariana Teixeira, na zona norte, que melhorou 16% o desempenho na Prova Brasil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade  
Publicidade
Publicidade
Publicidade